Mais de 21 kilos de maconha foi apreendida pela PMTO após denúncia anônima.
Fonte Polícia Militar/Governo do Tocantins

Norteados pelo combate ao tráfico de entorpecentes na capital, previsto no Plano Estadual de Segurança Pública, bem como amparados pela participação social, via denúncias anônimas, a PMTO realizou grande apreensão de drogas na capital na segunda-feira, 20, por volta de 20h30.

Equipes de ROTAM foram ampliadas após capacitação de mais uma turma.

Após denúncias de tráfico e autorias, a PMTO realizou levantamentos e designou equipes da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) para proceder com abordagem a indivíduo em atitude suspeita, no Bairro Aureny I. O criminoso estava de posse de objetos ilícitos e, após busca em sua residência, na Rua Maringá, as equipes lograram êxito em apreender 25 peças de substância análoga a maconha, totalizando 21 kilos e 300 gramas em poder de Claudemir Santos Silva, de 21 anos.

Por se tratar de tráfico, as buscas não cessaram, vindo as equipes a encontrar 370 gramas de substância análoga a crack, 10 gramas de substância análoga a cocaína, 4 balanças de precisão, 1 Rádio Comunicador Motorola, R$ 527,45 reais em espécie em notas variadas, 1 aparelho celular, além de 1 arma de fogo calibre 44 e outros objetos usados para a comercialização de drogas. Diante do fato a equipe apresentou autor e objetos na Delegacia de Polícia Civil para realização dos procedimentos subsequentes ao caso.

Para o Comandante do Batalhão de Choque, Tenente-Coronel Adão Pereira, a capacitação da equipe ROTAM, principalmente após a formatura dos novos militares, ampliou a repressão qualificada da PMTO, que continuará focada no Plano Estadual de Segurança Pública.

Fotos: ASCOM BPChoque.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario