O vereador Milton Neris (PP) defende que um grupo de parlamentares vá até Porto Alegre (RS) para conhecer o tal Cais Mauá, em tese, destino DOS investimentos dos R$ 50 milhões da aposentadoria dos servidores de Palmas. Como o CT informou na segunda-feira, 14, a obra de revitalização desse histórico porto gaúcho não recebeu um tijolo sequer até agora.

Quem comanda a obra de revitalização do Porto, desde julho, é a LAD Capital, que trabalha com os chamados fundos estressados, onde estão os milhões do PreviPalmas

A obra é orçada em R$ 650 milhões e seu site anuncia que o projeto quer “reintegrar os porto-alegrenses e seu Centro Histórico às águas do Guaíba”.

A CPI do PreviPalmas vai continuar em 2019, após requerimento do atual presidente da Câmara, Marilon Barbosa (PSB), que é membro da comissão. No entanto, precisará passar por uma recomposição com a saída de dois integrantes eleitos deputados estaduais, o presidente da CPI, Júnior Geo (Pros) e Léo Barbosa (SD).

Caberá aos líderes dos blocos indicar os novos componentes da CPI e das comissões permanentes da Câmara, já que houve mudança na direção da Casa e também haverá a entrada de quatro novos vereadores, já que, além de Geo e Léo, também foram eleitos deputados estaduais Ivory de Lira (PPL) e Vanda Monteiro (PSL).

Portal CT


Compartilhar:

Deixe seus Comentario