Após três meses de investigações, a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) núcleo de Paraíso do Tocantins, deflagrou na manhã desta quinta-feira 16, a operação FOURNIR, visando capturar quatro traficantes integrantes de uma cadeia criminosa.

Em dezembro do ano passado, D.S.P foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, ele foi encontrado na posse de 10 papelotes contendo cocaína. Após a captura, e iniciada as investigadores, policiais da DEIC (núcleo de Paraíso do Tocantins) descobriram que D.S.P. era responsável por prover quatro traficantes de menor envergadura na cidade, todos presos na operação.

 

Uma das criminosas abastecidas por D.S.P, e presa na operação Fournir, é garota de programa e combinou o comércio de drogas com exercício da prostituição. “Dessa forma, a investigada se beneficiava duplamente. Primeiro porque, em virtude da facilidade ofertada aos clientes, vê seus rendimentos aumentarem com o crescimento na procura por seus programas. Por fim, adquiria o entorpecente de D.S.P e o repassava a seus clientes com acréscimo de valores” destacou o delegado Eduardo Menezes que comandava a operação.  

 

Os traficantes presos na operação foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Paraíso, já a mulher será encaminhada para a CPP de Palmas nesta sexta-feira, 17. Todos ficarão à disposição da Justiça.

Fotos : DEIC Paraíso


Compartilhar:

Deixe seus Comentario