Empresário é preso suspeito de furtar energia em cerâmica de Porto Nacional

0
20
Suspeito pagou fiança de dois salários mínimos e foi liberado para responder em liberdade. Furto foi descoberto após funcionário da concessionária de energia fazer vistoria no estabelecimento. Um empresário de Porto Nacional, na região central do estado, foi preso pela Polícia Civil suspeito de furto de energia elétrica. A ligação irregular foi flagrada em uma cerâmica no setor Nova Capital. O homem de 58 anos pagou fiança de dois salários mínimos e foi liberado para responder ao processo em liberdade.
A prisão foi feita pela 71ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Nacional. De acordo com o delegado Wagner Rayelly Pereira Siqueira, a investigação começou depois que um técnico da companhia de energia elétrica procurou a delegacia e denunciou o fato.
O funcionário contou que durante inspeção na unidade consumidora do suspeito foi constatado que o local estava desconectado do sistema e ligado diretamente na rede, sem a devida medição. A testemunha não soube dizer há quanto tempo a ligação direta foi realizada.
Após a denúncia os agentes foram até o local com um perito e constataram a prática do furto de energia. O empresário foi levado para a delegacia, onde foi autuado. Ele pagou fiança e irá responder em liberdade.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins